quinta-feira, 28 de agosto de 2014

HÓQUEI EM PATINS - INICIO DE ÉPOCA



Organização e Gestão do Processo de Treino:

Planear o treino é obrigatório.
Serve para ver as dificuldades da equipa.
Evita contratempos.
É a ferramenta mais importante do treinador.

1.º Fazer Diagnostico da Equipa:

- Como é constituída a equipa
- Qual o material de treino
- Qual será a equipa de trabalho
- Quais as condições de trabalho

2.º Descrição do modelo futuro:
- Construção de modelo de jogo
- Traçar objetivos
- Definir treinos

3.º Elaboração do Programa de ação (execução):

Planos de treinos:
- 1. Físicos
- 2. Técnicos
- 3. Táticos
- Acrescentaria um 4. – Mental – Helder Antunes

Acompanhamento:

- Controlar os progressos da equipa
- Verificar erros e virtudes da equipa
- Solução dos problemas

5.º Logísticos:

- Transportes
- Documentação
- Aquisição de material de treino

6.º Estruturais:

- Condição do Clube
- Verificação de erros
- Solução dos problemas

7.º Calendário escolar ou actividades profissionais:

- Organização de treinos
- Organização de jogos particulares
- Organização das horas escolares
- Organização de horas profissionais

8.º Objectivos individuais:

- Verificar conflitos
- Verificar atletas que estão a estragar a equipa
- Solução dos problemas

9.º Quadro Humano:

- Ter uma boa equipa de trabalho
- Fazer reuniões com a mesma equipa semanalmente

10.º Calendário competitivo:

- O planeamento dos treinos terá de estar de acordo com o calendário.
- Pré Época antes do 1.º jogo.
- Se houver paragens de calendário, nunca quebrar a rotina.


Opinião de Pedro Costa in,

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

HÓQUEI EM PATINS - A IMPORTÂNCIA DA PRÉ ÉPOCA


Falar na pré-época é falar na construção de uma nova ideia, de uma nova equipa, de novos objetivos, no fundo, a base da construção de uma nova época.

Ainda hoje muitos treinadores focam a sua atenção na preparação física, esquecendo que é um inicio onde todas as componentes são de grande importância!

No inicio de época uma equipa passa por varias fases, com a chegada de novos elementos ao grupo existe a 1ª fase, a formação do grupo, onde os elementos se dão a conhecer e conhecem os seus rivais de posição criando alguma ansiedade e incerteza entre eles, juntando a isto o trabalho tático, físico e técnico que existirá na preparação da equipa.

Com o decorrer das semanas de trabalho o treinador vai moldando a sua ideia de jogo, clarificando algumas escolhas e nasce a 2ª fase, uma fase de algum conflito onde com as primeiras escolhas começam a nascer alguns conflitos internos, fruto da luta pelo lugar, espaço físico e até estatuto dentro do balneário.

A definição de um bom grupo de trabalho poderá definir-se neste momento, se todos entenderem os seus papéis que são destinados pelo treinador e o que terão a ganhar caso todos se focalizem no mesmo objetivo.

É neste momento que o grupo de trabalho percebe que tem que unir forças em volta de um objetivo, é a fase que muitos autores chamam de normalização e que eu chamo de compreensão.   Nesta fase cresce uma maior cooperação coletiva, as ideias do treinador estão adquiridas, e mesmo aqueles jogadores que começam a sentir que poderão não ser primeira opção, olham para o coletivo.

Mas existem exceções e existem casos que se tornam problemáticos e que podem destabilizar o grupo de trabalho, caberá neste caso ao treinador a tomada de decisão, nunca esquecendo que uma maçã podre pode apodrecer o cesto.

A partir destes momentos o grupo foca-se no rendimento, cerca de 5, 6 semanas já passaram com todo o trabalho físico, técnico, tático e mental que existe neste período de preparação e onde com os resultados a começarem a contar, o desempenho de cada um ao serviço do colectivo passa a ser o principal foco.

Este é um período que dura normalmente 7 semanas onde se cria uma ideia de jogo, se definem regras e onde a preparação física é importante mas na minha opinião não será...a mais importante delas todas! Existe um conjunto de factores que são de extrema importância para a construção de uma equipa de trabalho!

Opinião de João Prates in,